Açaí – o fruto da moda

03.06.2019

O açaí é um fruto originário do Brasil, mais especificamente da região da Amazónia. É uma baga muito semelhante ao mirtilo, de sabor exótico e com elevado poder antioxidante e anti-inflamatório. É rico em fibras, cálcio, ferro, magnésio, zinco e vitamina B1 e B2.

 

Tem uma boa quantidade de gordura, mas grande parte dela é proveniente de gorduras monoinsaturadas e polinsaturadas, que auxiliam na redução do colesterol LDL (conhecido por mau colesterol) e aumento do colesterol HDL (conhecido por bom colesterol). Pode, desta forma, ajudar na prevenção de doenças cardiovasculares e na redução dos níveis de colesterol no sangue se for parte integrante de uma alimentação saudável.

 

O açaí pode ser consumido de diversas formas. O problema começa exatamente aqui! Tal como vimos até agora, a baga de açaí parece ser bastante interessante, mas o açaí nunca chega até nós neste formato, em natureza, mas sim em sumos, batidos e sorvetes, servidos nas famosas taças de açaí, granola e fruta.

 

Como é um fruto muito perecível, quase imediatamente após a sua apanha, o açaí tem que ser liofilizado ou congelado de forma a manter as suas propriedades nutricionais. No seu estado natural, esta fruta é muito amarga, pelo que a indústria adiciona-lhe uma série de outros ingredientes, entre eles o açúcar e o xarope de guaraná, fazendo disparar o seu valor energético, para valores que deixam de ser interessantes, quando o objetivo é a perda de peso.

 

Tenha atenção na hora de escolher o açaí, ele não é todo igual. É necessário perceber que tipo de produto estamos a consumir e para isso, a melhor solução é sempre olhar para os rótulos. Se o seu objetivo é perder peso repense melhor a opção da “bowl de açaí” para o lanche. Há opções bem menos calóricas e mais saciantes do que essa. Todavia, se quer apenas experimentar como curiosidade gastronómica e fazer um lanche diferente de forma muito pontual, aproveite.

 

Para finalizar é importante relembrar que muitos produtos no mercado que fazem alegações como “rico em antioxidantes e com poder anti-inflamatório”, porque têm açaí na sua composição, colocam quantidades tão pequenas do produto, que as vantagens que lhe são atribuídas deixam de fazer sentido, porque não são atingidas as doses necessárias para isso.

 

Seja crítico e exigente com as suas escolhas e não se deixe levar apenas pelas modas alimentares.

Sofia Guimarães C.P. 3035N