CARACÓIS: PETISCO NUTRITIVO!

04.05.2022

Com a chegada de Maio inicia-se a época do caracol, no entanto em Portugal a produção de caracóis é escassa. Devem ser bem confecionados e são um excelente substituto para um lanche.

Ricos em proteína, pobres em gorduras e com baixo valor calórico (90kcal/100g). Contêm vitaminas e sais minerais, como o fósforo, o magnésio, o cobre e vitamina E, o que tornam este alimento interessante do ponto de vista nutricional.

Quando comprar caracóis deverá optar por caracóis produzidos em cativeiro e certificados, ao contrário de os apanhar sobretudo quando estão perto de zonas poluídas, pois pode ocorrer o risco de contaminações. A refrigeração, as múltiplas lavagens antes da cozedura dos caracóis, a eliminação daqueles que se encontram mortos e a cozedura prolongada, fazem com que o risco de contaminação microbiológica seja muito baixo, desde que tidas em conta estas precauções.

Na preparação dos caracóis existem alguns cuidados a ter, como a DECO indica, nomeadamente, verificar se o animal está vivo; lavar os caracóis com água morna e sal, repetindo a operação várias vezes, mudando sempre a água. Colocá-los numa panela com água e cozinhá-los em lume brando, depois de cozidos, escorrê-los. Voltar novamente a colocar os caracóis numa panela com água, temperar com sal, alho, cebola, orégãos e, se gostar, piripiri. Deixar cozer cerca de 40 minutos. Ao cozinhar caracóis em casa, tenha cuidado com a limpeza dos mesmos. Comece por retirar, com a ponta de uma faca, o opérculo, ou seja, uma formação calcária que tapa a abertura da concha.

Muitas das receitas tradicionalmente preparadas em Portugal utilizam como ingredientes o sal, caldos para cozinhar e enchidos para apurar o sabor, o que acaba por tornar os caracóis numa refeição excessivamente salgada. Deste modo, deve optar por reduzir o teor de sal, equilibrando os sabores com a adição de ervas aromáticas e especiarias.

Os caracóis são um petisco apreciado e, se confecionado de forma saudável, são pouco calóricos. No entanto, os típicos acompanhamentos como a cerveja e o pão, sobretudo torradas ricas em manteiga, acabam por desvalorizar o valor nutricional da refeição.

Bom apetite!

Ângela Moreira | Nutricionista Especialista (CP 1500N)